post

Alberto Valentim já vestiu a camisa do Flamengo

Flamengo

Paulo Roberto Falcão, um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos, definiu quase que perfeitamente a relação de um jogador com a sua profissão: “O jogador de futebol morre duas vezes. A primeira, quando para de jogar”. Sendo assim, quase todos que se aposentam acabam continuando no meio do futebol, seja como empresário, comentarista ou, mais de maneira mais comum, como treinadores. 

O Flamengo mesmo é um grande exemplo disso, com o técnico Paulo César Carpegiani que assim que se aposentou como jogador profissional em 1981 já assumiu o posto de treinador da equipe, conquistando o título da Copa Libertadores da América e do Mundial Interclubes no Japão.  

Outro treinador de um clube carioca que passou pelo Flamengo e pouca gente se lembra, em uma relação que se assemelha muito com um casamento: começou com juras de amor e terminou com farpas é Alberto Valentim, que quando atuava como lateral direito teve uma passagem rápida pela Gávea. 

Conhecido apenas como Alberto enquanto ainda atuava como lateral direito, Valentim iniciou a sua carreira em 1995 no Guarani e passou ainda pela Inter de Limeira antes de chegar ao Atlético-PR em 1996. 

Lá ele foi eleito o melhor lateral direito do Campeonato Brasileiro de 1996, sendo quase sempre o garçom que servia a dupla de ataque formada por Paulo Rink e Oséas. 

Com o bom desempenho o jogador passou a ser emprestado no primeiro semestre para a disputa dos Campeonatos Estaduais e voltava para o Furacão no segundo semestre para a disputa do Brasileirão. 

Foi assim que em 1998 desembarcou no Flamengo com 22 anos em uma troca que levou Nélio e Rodrigo Mendes emprestados para o Paraná. E no Rubro-negro carioca o jogador chegou com juras de amor, assumindo que era flamenguista na infância e até mesmo beijando o escudo. 

Porém a passagem foi curta: foram 11 jogos com sete vitórias, dois empates e duas derrotas, sendo titular em 10 destas 11 partidas. No final do semestre retornou ao Atlético-PR, mas não sem antes deixar claro em entrevistas que não ficou mais tempo por ser vítima da desorganização do clube e do futebol carioca. 

A carreira de Alberto Valentim como treinador é recente, tendo sido iniciada no ano passado com o treinador assumindo o comando do Red Bull Brasil após anos trabalhando apenas como auxiliar técnico no Palmeiras, no Atlético Paranaense e de fazer estágios na Udinese, Juventus e Real Madrid. 

Valentim trabalhou durante todo o Campeonato Paulista na equipe da gigante austríaca de energéticos e ao final do Campeonato Estadual voltou para o Palmeiras, onde novamente trabalhou como auxiliar técnico de Cuca.  

Com a queda de Cuca do comando do Palmeiras já no segundo turno do Brasileirão Alberto Valentim assumiu o clube até o final do ano e não fez feio, conquistando uma série importante de vitórias que fizeram o Palmeiras terminar como vice-campeão do Brasileirão. 

Foi neste período em que a carreira de treinador de Alberto Valentim cruzou com o Flamengo pela primeira vez, com o clube paulista vencendo o duelo pela 34ª rodada do Brasileirão 2017: 2×0 no Allianz Parque com dois gols de Deyverson. 

Com a chegada de Roger Machado ao Palmeiras Alberto decidiu novamente se demitir em busca de um novo trabalho como treinador, que ironicamente chegou por conta de Cuca: com a queda do Botafogo na Copa do Brasil o time demitiu o seu treinador com menos de dois meses de trabalho, contratando Valentim para o cargo por indicação de Cuca que foi a primeira escolha do clube. 

Logo em seu primeiro clássico com o Botafogo Alberto enfrentou o Flamengo e desta vez não teve sorte: derrota por 1×0 com gol de Rhodolfo. 

post

Como foi a grande estréia de Vinícius Jr. na Libertadores

A Copa Libertadores da América

é a principal competição do futebol sul-americano, e já foi o palco de atuação de diversas equipes e craques. Considerada diferente de todas as competições nacionais, a Libertadores sempre foi considerada uma competição feita para jogadores prontos e “cascudos”. 

E se esta máxima é verdade, já podemos dizer com todas as letras: Vinícius Júnior já é um jogador pronto mesmo aos 17 anos. Afinal, o jovem só não fez chover na última semana ao enfrentar o Emelec fora de casa, fazendo a sua estreia em jogos da Copa Libertadores da América.  

Para marcar o seu nome na história o jogador precisou de apenas 23 minutos em campo contra os equatorianos. Bryan Ângulo abriu o placar para o Emelec aos 20 minutos do segundo tempo, e com 22 minutos da segunda etapa o jovem entrou em campo no lugar de Everton Ribeiro. 

Nestes 23 minutos em campo mudou a história do jogo e com dois gols marcados acabou dando a vitória para o Flamengo, que não vencia fora de casa desde 2014 quando venceu o próprio Emelec no Equador pela primeira fase daquele ano. 

Esta estreia na Copa Libertadores da América inevitavelmente gerou comparações sobre o desempenho de Vinícius Júnior com os dois últimos grandes fenômenos revelados pelo futebol nacional, Neymar pelo Santos e Gabriel Jesus pelo Palmeiras. 

Em comparação com os outros dois com o mesmo tempo de jogo Vinícius Júnior tem mais gols e é mais efetivo do que os companheiros em menos tempo de campo em cada jogo, já que ao contrário dos outros dois que já era titulares Vinícius quase sempre vem do banco de reservas nestas partidas. 

Em sua estreia pela Libertadores Neymar apenas empatou com o Deportivo Táchira em 0x0, enquanto Gabriel Jesus também empatou com o River Plate do Uruguai, em 2×2 sem marcar gols. 

Uma lembrança sempre presente na mente dos flamenguistas é o fato de que Vinícius Júnior já está vendido para o Real Madrid pelo incrível valor de 45 milhões de Euros, e pode ir para o futebol espanhol já no meio deste ano, já que completa 18 anos no dia 12 de julho, bem no meio da janela de transferências do futebol europeu. 

O acordo entre Real Madrid e Flamengo diz que o jogador é obrigado a se apresentar ao novo clube apenas no meio de 2019, sendo necessário para que se transfira antes disso que duas das três partes (Flamengo, Real Madrid e o próprio Vinícius Júnior) estejam de acordo com essa transferência antecipada. 

Para o Flamengo, a expectativa por conta do ótimo desempenho neste ano de 2018 é que o jogador fique mesmo no Brasil até pelo menos janeiro de 2019. Após esta data apenas o Real Madrid possui a autonomia para solicitar ou não a transferência.  

E esta expectativa passa muito pela vontade do garoto, que já deixou claro que quer fazer histórica com a camisa do clube e vem ganhando cada vez mais espaço com o treinador Paulo César Carpegiani, parecendo ser apenas questão de tempo para conquistar a titularidade com a camisa rubro-negra. 

post

Aposte no Mengão pela Libertadores e ganhe Bônus – Emelec X Flamengo

O Flamengo

vive um ligeiro trauma na Copa Libertadores da América: jogador fora de casa nos últimos 10 anos na fase de grupos teve apenas 3 vitórias: contra o Cienciano do Peru em 2008, contra o Caracas da Venezuela em 2010 e contra o Emelec do Equador em 2014.

E é justamente tentando repetir este feito que o rubro negro entra em campo neste meio de semana pela segunda rodada da fase de grupos do principal torneio continental da América do Sul, jogando contra o Emelec em seu reformado estádio na cidade de Guayaquil.

Vale sempre lembrar que o Flamengo apenas empatou na sua estreia contra o River Plate jogando no Engenhão sem torcida, perdendo dois pontos contra um adversário que apesar de ser gigante vive uma fase ruim.

Como no ano passado mesmo vencendo todas as partidas em casa o clube acabou sendo eliminado ainda na primeira fase, é mais do que importante conseguir uma vitória jogando longe de casa para continuar sonhando com a classificação para a próxima fase.

Nesta partida o time irá com força total para enfrentar o Emelec, tendo apenas o desfalque do capitão Rever para esta partida, já que contundido o zagueiro sequer saiu do Rio de Janeiro.

O Emelec é uma das equipes mais tradicionais da Copa Libertadores da América, quase sempre sendo o representante do futebol equatoriano na competição continental. E isso quase sempre acaba fazendo o clube se encontrar com brasileiros na fase de grupos.

E em 26 encontros contra brasileiros o time venceu apenas duas vezes, jogando em casa e contra Flamengo e Fluminense. Além disso, o Elelec em casa contra brasileiros empatou três vezes e perdeu mais 3, contra Palmeiras, Internacional e o próprio Flamengo.

Por conta do seu retrospecto ruim fora de casa nas últimas temporadas o Flamengo entra em campo sem nenhum tipo de favoritismo segundo o site de apostas esportivas Sportingbet.

No mercado “vencedor do encontro” a cotação para a vitória do Flamengo é de 3.00, com o empate tendo a mesma cotação de 3.00 e a vitória do Emelec, o favorito, tendo a cotação de 2.45.

A partida entre Emelec e Flamengo acontece nesta quarta-feira dia 14 de março no Estádio George Capwell em Guayaquil às 21h45 pelo horário de Brasília.

As duas equipes já se enfrentaram por 4 vezes na história, e a grande curiosidade deste confronto é que nunca houve um empate: são 3 vitórias do Flamengo e uma vitória do Emelec no total.

O primeiro confronto foi no Engenhão pela Copa Libertadores de 2012 e Vágner Love marcou o gol da vitória do Flamengo pelo placar mínimo. A vingança do Emelec veio logo no jogo seguinte, também pela primeira fase: 3×2 com Leo Moura e Deivid marcando para o Flamengo.

Na Copa Libertadores da América de 2014 as duas equipes novamente caíram no mesmo grupo. E o Flamengo venceu as duas vezes: 3×1 no Maracanã com gols de Elano, Hernane Brocador e Éverton e 2×1 no Equador, com Alecssandro e Paulinho, aos 45 minutos do segundo tempo, marcando para o rubro-negro.

post

Saiba tudo sobre Paulo César Carpegiani no Flamengo

O Flamengo

neste ano de 2018 vem atuando sob nova direção após a passagem para ser esquecida de Reinaldo Rueda como treinador do clube no segundo semestre do ano passado. E o novo treinador chega com status de velho ídolo da torcida e um grande nome da história do clube, comandante nos momentos de mais sucesso do time em seus mais de 100 anos de vida.

Seja atuando como jogador ou como treinador, não há como negar que Paulo César Carpegiani tem o seu nome escrito na história do Flamengo e contribuiu com muito mais do que títulos com o clube.

Paulo César Carpegiani nasceu em Erechim no Rio Grande do Sul no dia 7 de fevereiro de 1949, iniciando a sua carreira como jogador profissional de futebol no Internacional de Porto Alegre desde as categorias de base, chegando ao clube em 1964 e fazendo a sua estreia no time principal em 1969.

Ao contrário dos ciganos da bola que vemos hoje, que a cada 6 meses estão em um clube novo, Carpegiani defendeu apenas dois clubes em toda a sua carreira, saindo do Colorado em 1977 e assinando contrato com o Flamengo, onde fez parte do elenco Campeão Brasileiro de 1980 mas teve que encerrar a carreira no ano seguinte por conta de problemas físicos.

Logo após se aposentar como jogador, Carpegiani já assumiu o cargo de treinador do Flamengo, tendo sucesso logo de cara nesta nova função: conquistou em seu primeiro ano o título da Copa Libertadores da América e do Mundial Interclubes derrotando o Liverpool no Japão.

Ainda ganhou o Campeonato Brasileiro de 1982 como treinador da equipe, até deixar o clube rumo ao mundo árabe em 1983. Fez alguns bons trabalhos nos anos seguintes, como na Seleção do Paraguai que fez grande campanha na Copa do Mundo de 1998, e ainda voltou ao Flamengo no ano 2000 onde apesar de não conquistar grandes títulos teve como grande destaque promover o Imperador Adriano para fazer a sua estreia como jogador profissional com a camisa rubro negra.

Afastado durante algum tempo da função de treinador, Paulo César Carpegiani começou a investir na base e no garimpo de novos talentos, criando um clube para isso na cidade de Alvorada no interior gaúcho: O RS Futebol Clube.

Durante este período revelou para o futebol alguns nomes importantes como os zagueiros Thiago Silva e Naldo, hoje no Paris Saint Germain e Schalke 04, respectivamente. Revelou também Ederson, que após passagens de sucesso por França e Itália está no Flamengo e também Rodrigo Caetano, que hoje é um dos homens fortes do futebol do Mengão mas teve o seu primeiro trabalho no futebol no clube de Carpegiani.

Carpegiani teve o seu último trabalho no futebol na temporada passada, treinando o Bahia nas rodadas finais do Campeonato Brasileiro. O comandante foi contratado para fazer parte da diretoria de futebol do Flamengo, mas com a saída de Reinaldo Rueda acabou no susto assumindo a função de treinador do time para a disputa do Campeonato Carioca, Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão em 2018.

post

Aposte no Mengão e leve esse bônus campeão – Macaé X Flamengo

O Flamengo

seque soberano no Campeonato Carioca, nadando de braçadas para a classificação para as semifinais também da Taça Rio após ter conquistado o título da Taça Guanabara e já ter se garantido nas semifinais da competição com este título simbólico.

Agora na próxima rodada do Campeonato Carioca o clube terá que enfrentar ao Macaé e lidar com os interesses de já poder se garantir na próxima fase da Taça Rio e também se preparar para a segunda partida da Copa Libertadores da América, contra o Emelec fora de casa, no Equador, na próxima quarta-feira.

Na última rodada do Campeonato Carioca o time teve o retorno de Júlio César ao gol da equipe exatamente no mesmo estádio onde havia feito a despedida com a camisa rubro negra há mais de uma década: o Raulino de Oliveira em Volta Redonda.

E nesta partida o clube saiu de campo sem sofrer nenhum gol, mostrando que Júlio mesmo estando na reta final de sua carreira ainda tem lenha para queimar.

O goleiro fez um discurso emocionado antes de entrar em campo e com o apito inicial da partida o clube até teve alguma dificuldade, indo para o intervalo empatado em 0x0 contra o Boavista na reedição da final da Taça Guanabara deste ano.

Mas na segunda etapa brilhou novamente a estrela do jovem Lucas Paquetá, maior destaque do clube neste início de temporada que assim como Diego marcou também de falta. Rodinei, que havia marcado primeiro, completou os 3×0 da vitória.

Dependendo de uma combinação de resultados o clube já pode se classificar para a próxima fase com uma rodada de antecedência desde que vence ao Macaé, mas a tendência é a de que seja escalada uma equipe mista já visando a partida do meio de semana contra o Emelec pela Libertadores.

O Macaé iniciou a disputa do Campeonato Carioca de 2017 ainda em dezembro do ano passado, tendo disputado a primeira fase contra as equipes que acabariam por compor o Grupo X.

E no geral esta foi a única boa fase da equipe na temporada, já que somando a Taça Guanabara e a Taça Rio até aqui a equipe conseguiu apenas uma vitória, contra o Boavista ainda na segunda rodada do primeiro turno.

Para esta partida apesar da chance de o Flamengo utilizar um elenco misto, já com a cabeça na viagem pela Copa Libertadores, o site de apostas esportivas Sportingbet aponta o Rubro Negro como favorito para ficar com a vitória segundo as cotações do mercado “Vencedor do Encontro”.

Neste mercado a cotação para a vitória do Macaé é de 1.36 contra 7.25 de cotação para a vitória do Macaé e a cotação de 4.33 para o empate como resultado final do confronto.

A partida entre Macaé e Flamengo acontece neste sábado dia 9 de março às 19h30 pelo horário de Brasília tendo como palco o estádio Moacyrzão.

Jovem equipe fundada em 1990, o Macaé já enfrentou o Flamengo por 10 vezes e nunca conseguiu uma vitória, com 7 resultados positivos para o Mengão e 3 empates. O último confronto, pelo Carioca de 2017, terminou em 3×0 para o Flamengo.

post

Aposte no Flamengo com a SportingBet e ganhe esse bônus de R$120 – Boavista X Flamengo

O Flamengo

não tem nenhum tipo de motivação para a disputa da Taça Rio do Campeonato Carioca, já que por ser o campeão da Taça Guanabara o time já tem garantida a sua vaga nas semifinais do Carioca, sem nenhuma vantagem além da honra em conquistar também o segundo turno.

Mas rodada após rodada o clube vem mostrando que no futebol do Rio de Janeiro não tem mesmo rivais à sua altura, atropelando a todos que aparecem na sua frente, usando o Estadual apenas como um treino de luxo para a Copa Libertadores da América.

Porém, a partida contra o Boavista neste meio de semana poderá ter um sabor diferente para a torcida, que não vem ligando muito para o torneio neste ano. Afinal, a partida poderá marcar a reestreia de Júlio César no gol da equipe, após o goleiro passar mais de um mês no clube apenas treinando para aprimorar a forma física.

O goleiro vem deixando claro em entrevistas que cumprirá apenas os 3 meses de contrato assinados sem chance de renovação, o que deixará cada partida daqui pra frente com um sabor de despedida para o arqueiro que irá se aposentar e morar com a família em Lisboa após o final do contrato.

Mesmo com o mando de campo sendo do Boavista, o Flamengo é amplo favorito para ficar com a vitória em todos os mercados do site de apostas esportivas Sportingbet, e um grande exemplo disso é o mercado “empate não tem aposta”, onde são consideradas apenas as chances de vitória de cada uma das equipes e caso o empate ocorra a aposta é cancelada e o dinheiro apostado é estornado.

Neste mercado a cotação para a vitória do Flamengo é de 1.14, muito menor do que a cotação de 5.00 para a vitória do Boavista.

O confronto entre Boavista e Flamengo acontece nesta quarta-feira dia 7 de março às 21h45 pelo horário de Brasília tendo como palco o Estádio Raulino de Oliveira em Volta Redonda.

Esta partida quase aconteceu no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio em Juiz de Fora, mas por conta de os hotéis da cidade estarem todos cheios a partida teve que de fato acontecer mesmo em Volta Redonda, tradicional palco de casa vazia no futebol carioca.

Aliás, jogar fora do Rio de Janeiro para Flamengo e Boavista não seria algo muito diferente de um passado muito recente, já que as duas equipes fizeram há pouquíssimo tempo a grande decisão da Taça Guanabara jogando em Cariacica, no Espírito Santo.

Historicamente as duas equipes já se enfrentaram por 14 vezes, sendo todas elas pelo Campeonato Carioca. E o Flamengo leva grande vantagem neste confronto direto, tendo vencido por 10 vezes, três empates e apenas uma derrota, pelo Campeonato Carioca de 2012 quando o time de Saquarema venceu por 2×1 com gols de Somália e Paulo Rodrigues, com Vágner Love marcando o gol do rubro-negro.

O último confronto entre as duas equipes foi justamente a final da Taça Guanabara, quando o Flamengo venceu por 2×0 com um gol contra de Kadu Fernandes e um gol de Vinícius Júnior, que desta vez não poderá jogar após ter sido expulso no clássico contra o Botafogo.

post

Flamengo X Botafogo – Aposte já no Mengão e leve esse bônus Campeão de R$120

O Flamengo

entrou em campo no meio de semana e sem torcida apenas empatou contra o River Plate na estreia da Copa Libertadores. E levando em consideração o momento ruim dos adversários e como foi a partida, podemos dizer que este nem de longe foi um bom resultado.

Agora sem tempo para se lamentar o clube entra em campo neste final de semana para um clássico contra o Botafogo, que graças ao regulamento da competição não terá nenhum valor para o Rubro Negro.

Como campeão da Taça Guanabara o Flamengo já tem o seu lugar reservado na semifinal do Campeonato Carioca, o que deixa o encontro deste sábado especial apenas pelo fato de ser o primeiro encontro contra estes rivais após a semifinal da Taça Guanabara, jogo em que Vinícius Júnior marcou e provocou o Botafogo e sua torcida com a comemoração que lembrava o famoso “chororô”.

Resta saber se o treinador Paulo César Carpegiani irá usar um time titular ou reserva neste clássico, visando dar descanso aos principais jogadores neste momento em que a temporada irá virar uma pequena maratona.

O Botafogo teve um péssimo início de temporada sob o comando de Felipe Conceição, que se mostrou uma péssima escolha para substituir o badalado Jair Ventura que trocou o alvinegro do Rio de Janeiro pelo da baixada santista.

O caminho parece ser mais promissor agora com a chegada de Alberto Valentim, que era auxiliar no Palmeiras e tem como experiência além da passagem pelo clube paulista o período em que treinou o Red Bull Brasil na temporada passada.

Vale lembrar que Conceição caiu após a derrota nas semifinais da Taça Guanabara para o Flamengo, o que significa que Valentim até aqui está com 100% de aproveitamento com as vitórias contra Nova Iguaçu e Cabofriense pela Taça Rio.

Este será o seu primeiro grande desafio como treinador do Botafogo e a vantagem do time é poder se focar 100% na disputa do Campeonato Carioca, já que seu péssimo início de temporada valeu até mesmo a queda na Copa do Brasil, diante da Aparecidense de Goiás.

Com todos estes ingredientes misturados o site de apostas esportivas Sportingbet aponta o Flamengo como grande favorito para ficar com a vitória segundo as cotações do mercado “Vencedor do Encontro”.

Neste mercado a cotação para a vitória do Flamengo é de 2.25 contra 2.85 de cotação para a vitória do Botafogo e 3.25 de cotação para o empate como resultado final da partida.

O confronto entre Flamengo e Botafogo apesar de ter o Rubro Negro como mandante acontece neste sábado dia 3 de março às 17h00 pelo horário de Brasília tendo o Engenhão como palco.

O histórico desta partida traz até aqui 316 confrontos oficiais, com 115 vitórias do Flamengo, 96 vitórias do Botafogo e 105 empates no total. A última vitória do Botafogo aconteceu no segundo turno do Campeonato Brasileiro do ano passado por 2×0, com dois gols de Roger, mas somando todas as competições, isto é, Carioca, Brasileirão e Copa do Brasil as duas equipes se enfrentaram por 6 vezes em 2017, com outras três vitórias do Flamengo e dois empates.

post

Aposte nesse grande clássico Fla X Flu e ganhe R$120 de bônus Boas Vindas.

O Flamengo

teve um início arrasador nesta temporada de 2018 do Campeonato Carioca. Mesmo em muitas oportunidades fazendo o uso de jogadores reservas e até mesmo de seus juniores que estavam na disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Rubro Negro conseguiu sem nenhum tipo de dificuldades vencer todos os adversários e conquistar o troféu do primeiro turno da competição.

Porém, com o regulamento mais do que estranho para o Campeonato Carioca deste ano o time está classificado apenas para as semifinais do torneio, sendo campeão e mesmo assim ainda podendo ficar de fora da grande decisão.

Como já tem esta vaga garantida o clube pode continuar fazendo testes e poupando parte do seu elenco para a disputa da Copa Libertadores da América, já que no meio da próxima semana o time terá um confronto complicado contra o River Plate logo na estreia da competição continental.

Por isso mesmo tendo um clássico pela frente contra o Fluminense na próxima rodada do Campeonato Carioca é correto afirmar que a cabeça do time do Flamengo estará muito longe desta partida, com diversos jogadores como será o caso do atacante Henrique Ceifador, contratado justamente do Fluminense, ficarem de fora deste confronto apenas se poupando para a Copa Libertadores.

O Fluminense que neste ano de 2018 sofre com suas dívidas e para montar um elenco competitivo para todas as competições fez uma campanha sofrível na Taça Guanabara, sem conseguir sequer se classificar para as semifinais do primeiro turno.

Na Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca 2018, o time começou um pouco melhor, enfrentando o Bangu e Moça Bonita e fazendo 4×0 no placar sem nenhum tipo de dificuldade.

No único clássico do ano que jogou até aqui o Fluminense enfrentou o Botafogo no Maracanã logo na segunda rodada do Campeonato Carioca deste ano, e nenhuma das duas equipes conseguiu marcar e tirar o zero do placar.

Nesta partida o site de apostas esportivas Sportingbet aponta o Rubro Negro como azarão diante do seu adversário, segundo as cotações do mercado “vencedor do encontro”.

Neste mercado a cotação para a vitória do Fluminense é de 2.30 contra 2.95 de cotação para a vitória do Flamengo e 3.10 de cotação para o empate como o resultado final do confronto.

A partida entre Flamengo e Fluminense acontecerá neste sábado dia 24 de fevereiro às 17 horas pelo horário de Brasília tendo como palco um estádio diferente, a Arena Pantanal em Cuiabá.

Esta será a 21ª vez que as duas equipes se enfrentam fora do Estado do Rio de Janeiro, desta vez por conta do Maracanã ainda estar fechado.

E o resultado mais comum entre as duas equipes longe do solo carioca é o empate, que já aconteceu por 11 vezes. Os demais resultados foram 6 vitórias do Flamengo e 3 vitórias do Fluminense.

A última vez que as duas equipes se enfrentaram fora do Rio de Janeiro foi justamente no Campeonato Carioca do ano passado, quando mediram forças no Estádio Kleber Andrade em Cariacica e acabaram empatando em 1×1.

post

Juan declara o seu amor pelo Flamengo.

O Flamengo

iniciou o ano de 2018 renovando o contrato de um de seus principais jogadores, o zagueiro multicampeão e artilheiro Juan, cria das categorias de base do clube e um dos mais vitoriosos jogadores de sua posição em toda a história do futebol nacional.

O jogador que vestiu poucas camisas em toda a sua carreira assim irá encerrar a sua vitoriosa carreira não somente no clube que iniciou como jogador profissional, mas também com a camisa do seu clube de coração desde que era apenas uma criança.

Juan Silveira dos Santos nasceu no Rio de Janeiro no dia 1 de fevereiro de 1979 na cidade do Rio de Janeiro, e segundo a sua mãe quando o pequeno Juan tinha apenas 6 anos de idade tinha dois sonhos na vida: ser jogador de futebol profissional e ser presidente da república.

Para a sorte na nação rubro-negra e infelizmente para o azar da nação brasileira por enquanto apenas o primeiro sonho foi realizado.

Entrou para as categorias de base do Flamengo com apenas 10 anos de idade em 1989, e estreou no time profissional do rubro-negro em 1996, tornando-se titular logo de cara e mantendo esta posição até a primeira vez que deixou a equipe, em 2002.

A passagem de Juan pelo futebol europeu se iniciou na Alemanha, quando o jogador assinou contrato com o Bayer Leverkusen onde fez uma famosa dupla de zaga com o também brasileiro Lúcio.

No período em que o jogador esteve na Alemanha ganhou apenas um título de pequena expressão, o torneio internacional de Maspalomas, mas isso não impediu de ser considerado um dos principais atletas da história do clube.

Em 2007 foi vendido para a Roma da Itália, onde também jogou por 5 temporadas e também fez história com a camisa do clube, conquistando a Supercopa da Itália já em 2007 e a Copa da Itália em 2007-08.

Após 10 anos longe do país, Juan finalmente arrumou as suas malas e voltou para defender o Internacional em 2012, vestindo a quarta camisa de sua história como jogador profissional. E a sua seriedade e profissionalismo conquistaram também os gaúchos, com o jogador conquistando por três anos consecutivos o título do Campeonato gaúcho.

No final de 2015 com o seu contrato se encerrando com o Internacional Juan acertou a sua volta para o Flamengo, para encerrar a sua carreira justamente onde a iniciou. E mesmo não sendo um dos jogadores mais jovens do elenco o zagueiro vem compensando isso com muita técnica, sendo peça importante do time nestes últimos anos.

Na temporada passada Juan conseguiu ser eleito o craque da final da Copa do Brasil mesmo com a derrota para o Cruzeiro nos pênaltis, e o gol marcado contra o Júnior Barranquilla nas semifinais da Copa Sul-americana acabou o consagrando com 33 gols como o maior zagueiro artilheiro do clube, junto com Júnior Baiano.

Juan já sabe que este contrato assinado até o final de 2018 é o último de sua carreira, e o objetivo da diretoria é muito claro neste momento: que Juan ocupe um cargo no clube depois de pendurar as chuteiras.

post

Depois de se despedir do Benfica, Júlio César veio para pendurar as luvas no seu clube do coração.

Flamengo

Em seus mais de 100 anos de história o Flamengo tem grandes nomes para se lembrar quando falamos da posição de goleiro. Raul Plassmann, Zé Carlos e Ubirajara são apenas alguns nomes daqueles que nos acostumamos a ver e idolatrar defendendo o manto rubro-negro na meta.

O último grande ídolo da torcida nessa posição foi o goleiro Júlio César, que disputou nada menos do que 3 Copas do Mundo com a camisa da Seleção Brasileira, e após 13 anos de sua despedida da Gávea volta ao time neste início de 2018 com um contrato de apenas 3 meses antes de encerrar de maneira definitiva a sua carreira.

Júlio César Soares Espínola nasceu em Duque de Caxias no Rio de Janeiro no dia 3 de setembro de 1979, e desde muito cedo já sabia o que queria em sua vida: ser goleiro profissional. Tanto que alguns de seus amigos de infância sempre diziam que ao jogar na rua ele já jogava no gol, usando meias ao invés de luvas nas mãos.

O jogador iniciou a sua carreira como goleiro no futebol de salão do Grajaú Country Club, e entrou para as categorias de base do Flamengo com 12 anos de idade em 1991.

Em 1997 com apenas 17 anos de idade fez a sua estreia como jogador profissional no Flamengo, em partida válida pela Copa do Brasil contra o Palmeiras. Era apenas o início de uma história que durou até 2005 com 283 partidas que valeram os títulos da Copa dos Campeões, Copa Mercosul e três Campeonatos Cariocas.

Em 2005 o jogador foi vendido para a Inter de Milão da Itália e fora do país teve passagens por Chievo Verona, Queens Park Rangers, Toronto FC e Benfica, sendo por muitos anos considerado um dos melhores jogadores de sua posição no futebol internacional como em 2009 quando foi indicado ao prêmio Bola de Ouro da FIFA e terminou como o segundo melhor goleiro da temporada.

Além de brilhar em clubes o goleiro também fez história com a camisa da Seleção, onde além de disputar 3 Copas do Mundo ainda conquistou os títulos da Copa América em 2004 e das vezes da Copa das Confederações, em 2009 e 2013.

Júlio César volta ao Flamengo muito mais experiente do que quando deixou a equipe, quando tinha apenas 26 anos. O arqueiro chega com um contrato de apenas 3 meses, com valor simbólico de salário apenas mesmo até o final do Campeonato Carioca, para encerrar a sua carreira no clube que o revelou para o mundo.

O arqueiro está atualmente com 38 anos e chega precisando apenas melhorar a sua forma física, já que apesar de estar no meio da temporada europeia vinha ficando no banco em seus últimos tempos de Benfica, precisando de uma pré-temporada mais extensa para recuperar a forma física.

Neste retorno o goleiro chega dizendo que não há nenhuma hipótese de renovar o seu contrato por mais tempo, o que parece ser verdade se levarmos em conta toda a insatisfação que a sua esposa vem demonstrando nas redes sociais pelo fato do marido ter deixado Lisboa e voltado para o Brasil sem nenhum tipo de aviso prévio.