post

Como foi a grande estréia de Vinícius Jr. na Libertadores

A Copa Libertadores da América

é a principal competição do futebol sul-americano, e já foi o palco de atuação de diversas equipes e craques. Considerada diferente de todas as competições nacionais, a Libertadores sempre foi considerada uma competição feita para jogadores prontos e “cascudos”. 

E se esta máxima é verdade, já podemos dizer com todas as letras: Vinícius Júnior já é um jogador pronto mesmo aos 17 anos. Afinal, o jovem só não fez chover na última semana ao enfrentar o Emelec fora de casa, fazendo a sua estreia em jogos da Copa Libertadores da América.  

Para marcar o seu nome na história o jogador precisou de apenas 23 minutos em campo contra os equatorianos. Bryan Ângulo abriu o placar para o Emelec aos 20 minutos do segundo tempo, e com 22 minutos da segunda etapa o jovem entrou em campo no lugar de Everton Ribeiro. 

Nestes 23 minutos em campo mudou a história do jogo e com dois gols marcados acabou dando a vitória para o Flamengo, que não vencia fora de casa desde 2014 quando venceu o próprio Emelec no Equador pela primeira fase daquele ano. 

Esta estreia na Copa Libertadores da América inevitavelmente gerou comparações sobre o desempenho de Vinícius Júnior com os dois últimos grandes fenômenos revelados pelo futebol nacional, Neymar pelo Santos e Gabriel Jesus pelo Palmeiras. 

Em comparação com os outros dois com o mesmo tempo de jogo Vinícius Júnior tem mais gols e é mais efetivo do que os companheiros em menos tempo de campo em cada jogo, já que ao contrário dos outros dois que já era titulares Vinícius quase sempre vem do banco de reservas nestas partidas. 

Em sua estreia pela Libertadores Neymar apenas empatou com o Deportivo Táchira em 0x0, enquanto Gabriel Jesus também empatou com o River Plate do Uruguai, em 2×2 sem marcar gols. 

Uma lembrança sempre presente na mente dos flamenguistas é o fato de que Vinícius Júnior já está vendido para o Real Madrid pelo incrível valor de 45 milhões de Euros, e pode ir para o futebol espanhol já no meio deste ano, já que completa 18 anos no dia 12 de julho, bem no meio da janela de transferências do futebol europeu. 

O acordo entre Real Madrid e Flamengo diz que o jogador é obrigado a se apresentar ao novo clube apenas no meio de 2019, sendo necessário para que se transfira antes disso que duas das três partes (Flamengo, Real Madrid e o próprio Vinícius Júnior) estejam de acordo com essa transferência antecipada. 

Para o Flamengo, a expectativa por conta do ótimo desempenho neste ano de 2018 é que o jogador fique mesmo no Brasil até pelo menos janeiro de 2019. Após esta data apenas o Real Madrid possui a autonomia para solicitar ou não a transferência.  

E esta expectativa passa muito pela vontade do garoto, que já deixou claro que quer fazer histórica com a camisa do clube e vem ganhando cada vez mais espaço com o treinador Paulo César Carpegiani, parecendo ser apenas questão de tempo para conquistar a titularidade com a camisa rubro-negra.