post

Saiba quem é o colombiano Marlos Moreno que acaba de chegar no Flamengo.

O Flamengo

ainda não fez grandes gastos neste início de 2018 para reforçar o seu plantel. E entre os reforços pontuais que chegaram para aumentar as opções do técnico Paulo César Carpegiani nesta temporada um deles chega com o carimbo e a indicação do antecessor no cargo, Reinaldo Rueda: o também colombiano Marlos Moreno, que junto com Rueda viveu grandes momentos no Atlético Nacional de Medellín.

Ele é o quinto nome do Atlético Nacional de Medellín a desembarcar no Brasil após a conquista da Copa Libertadores da América em 2016 e chega com a esperança de ser o primeiro jogador daquele time a brilhar no futebol nacional.

Marlos Moreno Durán nasceu em Medellín no dia 20 de setembro de 1996 e desde muito cedo em sua carreira carregou o peso de ser considerado um grande talento e de ser sempre comparado com o ídolo Faustino Asprilla, que também foi ídolo do Atlético Nacional de Medellín antes de ir para a Europa, e aqui no Brasil é famoso por ter passagens de sucesso por Palmeiras e Fluminense.

O jogador iniciou a sua carreira nas categorias de base do Atlético Nacional de Medellín, onde chegou com 14 anos e desde os 16 passou a ser convocado para as seleções de base da Colômbia.

Foi lançado no time profissional do Atlético Nacional no segundo semestre de 2015, pelo treinador Juan Carlos Osorio que logo deixaria o time para vir ao Brasil assumir o São Paulo. E foi com a chegada de Reinaldo Rueda que o jogador finalmente mostrou todo o seu potencial e fez um primeiro semestre incrível em 2016.

Moreno foi um dos principais nomes do Atlético Nacional que conquistou a Copa Libertadores da América naquele ano, e como o principal destaque acabou chamando a atenção do futebol europeu onde acabou sendo contratado pelo Manchester City por um pedido pessoal do técnico Pep Guardiola.

Porém, há o consenso de que mesmo tendo um grande potencial o jogador saiu do futebol colombiano muito cedo rumo ao velho continente, como um verdadeiro diamante bruto que não acabou de ser lapidado.

Outros dizem que é a timidez de Marlos Moreno que vem atrapalhando o seu desenvolvimento, e o jogador sequer chegou a jogar nenhuma partida pelo Manchester City, onde foi apresentado um dia após a conquista da Copa Libertadores da América e logo emprestado ao Deportivo La Coruña.

Na Espanha o jogador continuou mostrando um grande potencial, mas era sempre criticado por tomar a decisão errada na Hora H, seja em um passe mal dado no último momento ou em um chute ruim nesta mesma hora.

Após esta passagem pelo Deportivo foi emprestado ao Girona, clube satélite do Manchester City na Espanha, mas também não obteve nenhum destaque jogando em um clube menor.

Foi por este motivo que o Manchester City aceitou emprestar o ponta esquerdo que recentemente completou 21 anos ao Flamengo sem nenhum tipo de custo. Esta volta ao futebol sul-americano é considerada perfeita para o jogador, que pretende fazer um grande primeiro semestre ainda sonhando com a convocação para a Copa do Mundo da Rússia.

post

César o goleiro reserva Campeão da Copa São Paulo Jr. de 2011.

Clube de Regatas Flamengo

A conquista da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2011 trouxe para o Flamengo a esperança de estar diante de uma boa safra para suprir as necessidades da equipe, então em graves problemas financeiros.

Como a história mesmo mostra isso não aconteceu, e daquele elenco campeão no início da década apenas um nome continua no elenco profissional do Flamengo pouco mais de 6 anos depois, retornando de uma série de empréstimos para se tornar o herói improvável do final da temporada: o goleiro César de 25 anos.

César Bernardo Dutra nasceu em 27 de janeiro de 1992 e iniciou a sua carreira como goleiro jogando nas categorias de base do Audax do Rio de Janeiro, clube que atualmente está na Série B1, a segunda divisão do futebol carioca.

Ainda nas categorias de base foi emprestado para o Flamengo, onde chegou em 2010 e logo acabou, sendo contratado em definitivo antes mesmo de completar uma temporada na base.

Foi o goleiro titular do Flamengo que conquistou o título da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2011, uma geração que tinha nomes cotados sempre para chegarem ao time principal como Frauches, Adryan, Rafinha, Negueba e Thomás, além de Mattheus filho do tetracampeão e ex-jogador do Flamengo Bebeto.

A geração acabou não vingando e de todos aqueles jogadores apenas César ainda continua sendo jogador do Flamengo, tendo os outros destinos como Turquia, Kuwait, Suíça e até mesmo a Tailândia.

Mas mesmo César continuando no elenco do Rubro Negro, ele não passou este período todo entre 2011 e 2017 como jogador do Flamengo.

Fez a sua estreia como jogador profissional em 2013 e o ano que mais jogou foi em 2015, ano em que o titular Paulo Vitor passou um bom tempo contundido. O último jogo oficial de César havia sido justamente no último jogo da temporada de 2015, já que após isso o clube foi ao mercado e trouxe outros jogadores, como Muralha, por exemplo.

Por conta disso César acabou sendo emprestado para o futebol paulista, primeiro para a Ponte Preta em 2016, onde não jogou durante a temporada inteira, e depois em 2017 para a Ferroviária de Araraquara, onde jogou apenas 25 minutos de um amistoso contra o Corinthians em janeiro deste ano.

Logo após o final do Campeonato Paulista de 2017 o Flamengo solicitou o retorno do arqueiro, que chegou ao time com status de quarto goleiro. Este status caiu ainda mais com a chegada de Diego Alves, com César passando a ser a quinta opção no elenco.

A sorte do jogador começou a mudar com a contusão de Diego Alves nas semifinais da Copa Sul-americana contra o Junior Barranquilla da Colômbia, quando Muralha entrou em mais uma vez falhou.

Sem jogar desde 2015 de maneira oficial, César entrou na segunda partida e fez bonito, incluindo uma defesa de pênalti contra os colombianos mesmo sofrendo com câimbras por conta da falta de ritmo de jogo.

Mesmo com o vice-campeonato diante do Independiente da Argentina César terminou a temporada em alta, mesmo ainda sem saber se continua no clube para 2018 já que mesmo em alta continuaria a ser reserva de Diego Alves.

post

Saiba quem é o gringo colombiano Cuéllar do Flamengo?

Clube de Regatas Flamengo

Contratar jogadores no mercado sul-americano virou uma verdadeira febre no futebol nacional nas últimas temporadas. Olhando os elencos das 20 equipes da primeira divisão do futebol nacional nesta temporada de 2016 fica difícil encontrar algum elenco que não tenha pelo menos um gringo entre os inscritos na competição.

E apesar de algumas equipes irem realmente à fundo nesta iniciativa e terem mais atletas até mesmo do que o máximo permitido pelo regulamento da competição, deixando alguns de fora até do banco de reservas em determinadas partidas, a real é que poucos destes jogadores tem vingado no futebol nacional.

Os motivos são vários para isso, mas talvez o principal deles seja o fato de que falta paciência em tudo para o futebol nacional. Esperam que um jogador vindo de outro país chegue, coloque a camisa e resolva todos os problemas da equipe sem dar nenhum tempo de adaptação para os gringos. Um dos casos que foge desta regra é o colombiano Cuéllar do Flamengo, que teve respeitado o seu tempo de adaptação e hoje é xodó da torcida e titular incontestável do meio de campo do time.

Gustavo Leonardo Cuéllar Gallego nasceu em Barranquilla na Colômbia no dia 14 de outubro de 1992. Vindo de uma região pobre da cidade o jogador nunca contou com o apoio de sua família para ser jogador profissional de futebol.

Se fosse ouvir os conselhos de sua mãe, por exemplo, o menino teria virado um sanfoneiro ou um jogador profissional… de baseball! A sorte é que o caminho do jovem se cruzou com o de Agustín Garizábalo, um dos principais olheiros do futebol colombiano que entre outros descobriu talentos do nível de Cuadrado, da Juventus.

Mais do que um olheiro Agustín virou um verdadeiro conselheiro na vida de Cuéllar, sendo os dois amigos até hoje.

A carreira do “Fosforito”, como é chamado na Colômbia por ser ruivo, começou nas categorias de base do Deportivo Cali onde se profissionalizou em 2009. O jogador mostrou um bom potencial na equipe de Cali até que foi emprestado ao time de sua terra natal, o Atlético Júnior Barranquilla em maio de 2014.

E foi aí que o futebol do volante começou a aparecer, com o jogador sendo um dos destaques do time que ficou com o vice-campeonato da Liga Postobom, o Campeonato Colombiano.

O destaque na Colômbia fez o jogador inclusive ser convocado para as Seleções do país, tanto na base quanto no profissional onde estreou em setembro de 2015 em partida amistosa contra o Peru.

Cuéllar começou a ganhar fama internacional com isso, sendo uma das grandes vedetes do mercado brasileiro no início da temporada de 2016. Especulado pelo Cruzeiro o jogador acabou sendo contratado pelo Flamengo que pagou 2 milhões de dólares por 70% de seu passe, com o Deportivo Cali mantendo os outros 30%.

Em sua primeira experiência internacional o jovem demorou a engrenar e alternou bons e maus momentos, com partidas como titular e partidas no banco.

Quase dois anos após a sua chegada ao futebol nacional o jogador vem se mostrando um grande reforço para o time e titular absoluto desde a chegada de outro colombiano, o treinador Reinaldo Rueda.

post

Saiba mais sobre as Torcidas do Flamengo pelo Mundo a fora.

Flamengo pelo Mundo

Uma recente pesquisa da FIFA trouxe uma lista com as maiores torcidas do mundo feito pela agência de marketing esportivo Gerardo Molina Euroaméricas. E este estudo trazia o Flamengo como tendo a maior torcida do mundo com 39,1 milhões de torcedores espalhados por todos os cantos do mundo, enquanto o Chivas Guadalajara do México aparece na segunda colocação da lista com 33,8 milhões de torcedores, o América também do México aparece em terceiro lugar com 29,4 milhões de torcedores e o Corinthians aparece em quarto lugar com 28 milhões de torcedores.

E este não é um número muito irreal para ser acreditado, já que por diversas partes do mundo é possível ver reuniões de torcedores do Flamengo que mesmo muito longe de casa não esquecem a sua paixão e se reúnem para acompanhar os jogos do Rubro-Negro.

O Flamengo possui mais de 24 consulados oficiais espalhados pela Brasil e pelo mundo, com representantes em locais como Mato Grosso, Rondônia, Paraná e até Nova York nos Estados Unidos.

Porém, uma das embaixadas que vem fazendo mais sucesso pelo mundo atualmente é a Fla-Lisboa, criada no começo deste ano e com encontros marcados pelo perfil do grupo no Twitter para se reunirem e acompanharam aos jogos do Flamengo no Snooker Club em Lisboa.

Outra notícia que ganhou o mundo recentemente aconteceu durante a visita do Flamengo ao Chile na primeira fase da Copa Libertadores da América para enfrentar o Universidad Católica, quando a torcida do Mengão foi recepcionada em Santiago pelos sócios do Club Deportivo Flamengo, um clube fundado pelos jovens do bairro de Lo Prado em 1970.

Os brasileiros foram recebidos com samba, churrasco e cerveja, e o relacionamento com a torcida chilena que se estreitou desde o ano passado com a visita do clube ao país para enfrentar ao Palestino pela Copa Sul-americana acabou se tornando oficial após esta nova visita pela Libertadores, já que o local virou neste ano uma embaixada oficial do Flamengo, a Fla-Chile.

O que pouca gente sabe é que o projeto das embaixadas ou consulados do time são oficialmente reconhecidos pelo clube e basta seguir alguns passos simples para ter o seu próprio consulado ou embaixada do Flamengo em sua cidade, seja ela em qualquer lugar do mundo.

Segundo o próprio site oficial do clube as embaixadas são movimentos espontâneos de torcedores espalhados pelas mais diversas localidades do Brasil ou até mesmo do exterior, que tem como objetivo atrair novos sócio-torcedores, divulgar os valores e campanhas do clube além de realizarem periodicamente campanhas sociais.

Quem quiser se candidatar para ter o seu próprio Consulado Rubro-Negro precisa apenas reunir 5 sócio-torcedores ativos e escolher um representante que será o cônsul Rubro-Negro. Depois é só enviar um e-mail para o clube que receberá os dados para continuar com o processo.

Vale lembrar que o consulado rubro-negro deverá ter um local fixo para os membros e convidados assistirem aos jogos do Flamengo, além de sempre manter o clube atualizado quanto as atividades realizadas e sempre responder aos e-mails do clube com agilidade.

post

Celebridades Flamenguistas de coração.

Famosos Flamenguistas

A última pesquisa feita pelo Ibope e divulgada pelo jornal Lance! mostrou apenas o que todo o mundo já sabia: o Flamengo tem disparado a maior torcida do Brasil com 16,2% dos torcedores de futebol no Brasil se confessando rubro-negros contra apenas 13,6% de torcida para o Corinthians. 

Em números reais isso significa dizer que o Flamengo tem mais de 32,5 milhões de torcedores espalhados pelo Brasil inteiro, dado ao seu caráter de time completamente nacional e uma paixão brasileira enquanto o Corinthians tem 27,3 milhões de torcedores com a sua grande maioria no estado de São Paulo, o que deixa o time com um caráter muito mais regional do que o Mengão. 

E mais do que isso. A pesquisa foi a responsável por mostrar que enquanto temos 32,5 milhões de flamenguistas temos 7,2 milhões de vascaínos, 3,6 milhões de tricolores e 3,4 milhões de botafoguenses.  Isso significa que temos quase o triplo de flamenguistas de que todas as torcidas adversárias somadas. 

Tendo uma torcida que é maior do que a população de diversos países do mundo não é de se entranhar que tenhamos um grande número de famosos que são flamenguistas. E como um time nacional é de se estranhar menos ainda que diversos destes flamenguistas famosos nem sequer cariocas sejam. 

Uma das maiores celebridades do país, a apresentadora Xuxa Meneghel nasceu em Santa Rosa no Rio Grande do Sul e é uma das representantes da nação rubro-negra. A apresentadora além de torcedora era presença frequente na Gávea quando a sua filha fazia parte do time de vôlei do clube.  

Um dos mineiros mais famosos do mundo, Alexandre Pires nasceu em Uberlândia e tem música sobre o Flamengo e até mesmo uma tatuagem de Zico na perna. 

As celebridades da mídia que torcem para o Flamengo fazem uma lista imensa em todas as áreas como na música, nas artes, nos esportes e até mesmo na comédia, já que até mesmo o comediante Antônio Tabet, o Kibe Loco, acabou conquistando um cargo dentro do clube como Vice-Presidente de comunicação. Outros nomes como Marcius Melhem, Cláudio Manoel, Claudia Rodriguez e Fabiana Karla também torcem para o time. 

Nos esportes José Aldo, ex-campeão do UFC é um dos exemplos mais fervorosos de flamenguista, sempre presente no estádio e no meio da galera na arquibancada para curtir o Mengão. Vitor Belfort já teve patrocínio do Vasco no início de sua carreira mas também é flamenguista e amigo pessoal de Zico, tendo inclusive jogado futebol nas categorias de base do time no passado.  

Na música alguns dos representantes mais talentosos da geração são rubro-negros confessos como Gabriel o Pensador, presença quase certa em todas as festas do clube e também Marcelo D2, que em uma de suas músicas inclusive eternizou  versos como: 

“Sempre no Maraca vendo o Mengão jogar 

Zico, Adílio, Júnior, fazendo a bola rolar 

Como já diz o hino, vou repetir com vocês 

Uma vez Flamengo 

Flamengo até morrer 

Meu avô Peixoto deixou meu sangue rubro-negro 

Me orgulho de ser carioca 

Me orgulho de ser brasileiro” 

Entre atores e atrizes a lista também é imensa e não caberia em apenas um texto. Além disso, outro ícone e lenda dos esportes, Galvão Bueno, também é um flamenguista confesso após anos e anos escondendo o seu time de coração.  

post

Saiba tudo sobre essa cria do Flamengo que chegou com 8 anos, Lucas Paquetá

Clube de Regatas Flamengo

Não precisamos lembrar mais uma vez da histórica frase cunhada pelo jornalista Geraldo Mainenti na revista Manchete Esportiva de 4 de abril de 1979 de que Craque o Flamengo faz em casa.

Mas se for para lembrar deste “mantra” que já completou 38 anos recentemente e tentar achar a verdade disso no elenco atual do Flamengo um nome vai saltar aos olhos de todos como um garoto que chegou ao time com apenas 8 anos de idade, correu o sério risco de ser dispensado por conta de sua forma física franzina e hoje aos 20 anos pede passagem no time titular mesmo com grandes nomes do futebol nacional vestindo atualmente a camisa rubro-negra no meio campo do Flamengo. Precisamos falar sobre Lucas Paquetá.

Lucas Tolentino Coelho de Lima nasceu no Rio de Janeiro no dia 27 de agosto de 1997 e é verdadeiramente uma cria das categorias de base do Flamengo, tendo chegado à Gávea com apenas 8 anos de idade para tentar realizar o sonho de todas as crianças, o de um dia vestir a camisa do seu time do coração em uma partida oficial.

E em todas as categorias inferiores Lucas Paquetá fez um imenso sucesso, sendo titular e destaque em todas elas até chegar ao Sub-17 onde tudo começou a mudar. Com 15 anos de idade Lucas Paquetá tinha apenas 1,53m de altura e apesar da técnica apurada era deixado de fora de diversos jogos do time por conta de na parte física sempre levar a pior em divididas.

Foi assim que clube, familiares e empresário do jogador resolveram colocar Paquetá em um grupo de atletas com suplementação diferenciada e tratamento médico de perto. A mudança deu certo e o que parecia uma dispensa anunciada levou o jovem de talento a crescer 27 centímetros em 3 anos, com o jogador chegando ao Sub-20 com 1,80m aos 18 anos de idade.

O jogador passou a ser considerado um dos maiores ativos do clube nas categorias de base e não fez feio, conquistando diversos títulos no Sub-20 do Flamengo incluindo o título da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2016, onde foi o vice artilheiro da competição e eleito para a seleção do torneio.

Com isso foi chamado pelo técnico Zé Ricardo para integrar o elenco profissional do Flamengo assim que o treinador da base também passou para o profissional após a saída de Muricy Ramalho do comando da equipe.

Fez o seu primeiro gol como jogador profissional neste ano de 2017 em partida do Campeonato Carioca contra o Madureira, um verdadeiro gol de placa da intermediária após o goleiro rebater um lançamento que o próprio Paquetá havia feito para Felipe Vizeu, que também havia sido sem companheiro na base do Flamengo.

O jogador é um meia clássico daqueles “camisa 10” que faltam atualmente no futebol nacional e tem como grandes ídolos Kaká e Iniesta no futebol mundial. Já foi convocado para a Seleção Brasileira Sub-20 e é uma das esperanças não só do Flamengo mas também de todo o Brasil para os próximos anos vestir a camisa canarinho.

post

Saiba quem é Miguel Trauco, o Peruano lateral esquerdo do Mengão.

Flamengo

A última rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo foi mais do que especial para a Seleção do Peru, que venceu as duas partidas que realizou contra Bolívia e Equador e entrou de vez na luta por uma das vagas na Copa do Mundo de 2018 que será realizada na Rússia.

E por uma grande ironia os dois maiores destaques da Seleção nesta Data FIFA jogam no futebol brasileiro e embora estejam voando com a camisa da seleção de seu país estão totalmente em baixa por aqui. É o caso do meia Christian Cueva do São Paulo e principalmente do lateral esquerdo rubro negro Miguel Trauco, que iniciou o ano voando com a camisa do Flamengo e no momento é preterido até quando não há jogadores disponíveis para a sua posição.

Miguel Ángel Trauco Saavedra nasceu em Tarapoto no Peru no dia 25 de agosto de 1992, vindo de uma família que era muito conhecida ne região justamente por conta do futebol. Seu avô que também se chamava Miguel Trauco foi um grande jogador amador da província onde nasceu, assim como também o seu pai e seus tios sempre jogaram futebol por clubes da região.

Com 15 anos entrou para as categorias de base do Clube Deportivo Virgem de Chapi da capital peruana Lima, depois ainda passando por Coronel Bolognesi de Tacna e voltando para o Union Tarapoto de sua cidade natal, tudo isso antes dos 17 anos de idade.

Aos 18 anos se transferiu para o Union Comercio de Nueva Cajamarca, clube no qual começou a dar os seus primeiros passos no futebol profissional e onde ajudou a conquistar o acesso para a primeira divisão do futebol peruano.

Em 2014 teve a sua primeira convocação para a Seleção do Peru que disputaria um amistoso, e em 2016 viu a sua carreira mudar ao assinar um contrato com o Universitario de Lima. Foi neste mesmo ano de 2016 que fez parte da Seleção Peruana que ajudou a eliminar o Brasil ainda na primeira fase da Copa América Centenário.

Jogando pelo Universitario foi eleito um dos melhores jogadores do Campeonato Peruano do ano passado além de ter sido eleito o melhor jogador do seu clube em toda a temporada.

Com o destaque no futebol nacional passou a ser cobiçado por grandes clubes do futebol sul-americano, incluindo Flamengo e Cruzeiro do Brasil com o Mais Querido conseguindo vencer a corrida pela sua contratação e anunciando o peruano como um dos grandes reforços para 2017.

Logo em sua estreia na primeira rodada do Campeonato Carioca Trauco deixou o seu cartão de visitas, e mesmo como lateral esquerdo marcou um gol e deu duas assistências na partida logo se tornando titular incontestável da posição.

Este status foi mudando com o passar da temporada e apresentações abaixo da crítica, fato este que se agravou após a chegada de Reinaldo Rueda para ser treinador da equipe. Rueda chegou a improvisar Pará na lateral esquerda mesmo com Trauco no banco, e a sua primeira partida com o treinador aconteceu apenas na última rodada no clássico contra o Botafogo.

Agora resta saber se Trauco irá lutar para recuperar o seu espaço ou irá esperar até janeiro para ser negociado, já que a janela de transferências para o futebol europeu já se fechou e no Brasileirão o lateral já passou das 7 partidas disputadas.

post

Flamengo o Rei do Rio de Janeiro.

O Flamengo

iniciou o ano de 2017 sonhando com a conquista do título em todos os torneios que iria disputar na temporada. Dono de um dos melhores e mais caros elencos de todo o futebol brasileiro e ainda turbinado com a chegada de grandes nomes para reforçar o time durante a temporada já em andamento, o Rubro Negro teve alguns percalços pelo caminho mas mesmo assim pode terminar o ano como um verdadeiro rei de copas após apenas alguns ajustes pelo caminho.

Com a derrota no domingo no clássico contra o Botafogo o título do Campeonato Brasileiro ficou ainda mais difícil, ainda que o Corinthians venha em queda livre de desempenho e apenas sobreviva na ponta por conta dos tropeços dos adversários e da grande vantagem que conseguiu abrir com um primeiro turno impecável.

Agora após estas primeiras rodadas do segundo turno do Brasileirão o líder já soma três derrotas em quatro partidas, mas ainda mantém 7 pontos de vantagem para o vice-líder que continua sendo o Grêmio nesta altura do campeonato.

Com a derrota no clássico onde utilizou um time misto contra o Botafogo o time do Flamengo estacionou na quinta colocação da tabela do Campeonato Brasileiro com 35 pontos conquistados, 15 a menos do que o líder Corinthians mas apenas um ponto acima do próprio Botafogo, primeira equipe fora do G6, o grupo dos classificados para a Copa Libertadores da América do ano que vem.

A tabela é favorável ao time do Flamengo e nas próximas 3 rodadas o time enfrenta adversários que lutam na metade de baixo da tabela, o que pode alimentar o sonho de continuar entre os líderes, ainda que o Mengão tenha como grande sonho mesmo neste final de ano de 2017 virar o verdadeiro rei de copas desta temporada do futebol brasileiro.

No meio da próxima semana o time inicia a disputa das quartas de final da Copa Sul-americana contra a Chapecoense na Arena Condá, com a partida de volta sendo disputada no meio da próxima semana no dia 20 de setembro no Estádio Luso Brasileiro, a Ilha do Urubu.

Caso passe pela fragilizada Chapecoense nesta temporada o time do Flamengo ter nas semifinais um confronto de tirar o fôlego contra o Fluminense, bastando os adversários passarem pela LDU de Quito nas quartas de final. Vale lembrar que foi esta mesma LDU quem manteve a virgindade do Tricolor na América ao derrotar os brasileiros na final da Libertadores de 2008.

Porém, o título que está mais próximo para o Flamengo neste ano de 2017 é a Copa do Brasil, competição na qual o time já está na grande final e enfrenta o Cruzeiro como adversário. Na partida de ida o 1×1 deixou tudo em aberto para o jogo da volta.

Caso conquiste o título da Copa do Brasil na grande decisão do dia 27 de setembro no Mineirão o time poderá focar todas as suas forças na Sul-americana, já que a posição no Brasileirão não irá importar com a vaga na Copa Libertadores da América já garantida para o ano que vem.

post

Saiba o que o torcedor está achando sobre Rueda no comando do Mengão

O Flamengo

iniciou a sua temporada sonhando com voos altos, de volta à Copa Libertadores da América e com bons investimentos para dar ao clube um título que não vem desde a Era Zico em 1981. A queda na competição continental acabou sendo um duro baque para todos, mas nesta reta final de temporada o time pode salvar toda a lavoura com o time ainda disputando 3 grandes títulos e com a esperança renovada por conta chegada de um fator novo para o time: o treinador colombiano Reinaldo Rueda.

Com 60 anos completados em abril, Reinaldo Rueda nasceu em Cali na Colômbia e ao contrário da grande maioria dos treinadores da história do futebol nunca foi um jogador profissional, desde cedo se dedicando aos estudos esportivos e trabalhando na gestão de clubes novos para a participação em competições.

Começou como treinador na Seleção Sub-20 da Colômbia e chegou a ter passagens por clubes importantes como Deportivo Cali de sua cidade Cortuluá, o clube que recentemente revelou Miguel Borja. Também foi treinador do Independiente Medellín e outras seleções de base antes de assumir a Seleção da Colômbia que vinha em crise e quase conseguir uma vaga na Copa do Mundo de 2006.

Porém, nenhum trabalho colocou tanto o nome de Rueda em evidência para todo o continente quanto o que ele realizou no Atlético Nacional de Medellín onde chegou em 2015 para substituir Juan Carlos Osorio, que deixava o time como ídolo da torcida após grandes conquistas.

O que ninguém poderia prever é que Rueda daria voos ainda mais altos do que o seu antecessor, conquistando quase tudo o que foi possível no time. A única exceção fica por conta da Copa Sul-americana, título que não venceu após a tragédia da Chapecoense e de ter a hombridade de ceder o título aos brasileiros.

Reinaldo Rueda chegou ao Flamengo e em pouco tempo caiu nas graças da torcida, dando uma nova cara ao time, conseguindo bons resultados e conseguindo tirar um bom futebol de onde antes não havia sido visto quase nada.

Até aqui Reinaldo Rueda tem 5 jogos como comandante do Flamengo e está invicto nesta posição, com três vitórias e dois empates até aqui. E o que faz a torcida ficar mais do que animada com o time é o fato do colombiano neste curto período de tempo já ter conseguido organizar a zaga da equipe, com apenas 1 gol sofrido nestes jogos e ainda com a ressalva do gol ter sido sofrido com um time reserva utilizado na disputa da Primeira Liga contra o Paraná.

Rueda em poucos jogos caiu nas graças da Nação e tem tudo para se tornar um ídolo ainda maior em um curto período de tempo, com a primeira chance de isso acontecer começando na próxima quinta-feira quando o Flamengo inicia a disputa do título da Copa do Brasil contra o Cruzeiro no Maracanã, onde o time não perde desde dezembro de 2015.

As outras duas chances de Rueda são no Campeonato Brasileiro, onde o clube aparece atualmente na quinta colocação e na Copa Sul-americana, onde coincidentemente Rueda terá pela frente nas oitavas de final a Chapecoense, mesmo jogo que não aconteceu no final de 2016.

post

Qual será o destino de Dario Conca? Saiba mais…

O Flamengo

tem neste ano de 2017 um dos melhores, senão o melhor, meio de campo do futebol brasileiro. E com tantos nomes à disposição dos treinadores é obvio que alguns deles fiquem de fora das partidas, muitas vezes esquentando o banco de reservas os em algumas partidas nem isso.

Este é o caso claro do argentino Dario Conca, que chegou ao Flamengo no início de 2017 ainda se recuperando de uma grave lesão no joelho e com expectativa para começar a jogar à partir do mês de maio, mas que até aqui no início de setembro fez apenas 2 partidas pelo clube.

Dario Conca chegou com status de craque e grande contratação por tudo o que mostrou nos rivais cariocas enquanto jogava aqui no Brasil, porém nesta temporada ainda sofrendo com problemas físicos entrou em ação apenas duas vezes por opção do técnico Zé Ricardo.

A estreia aconteceu no dia 14 de junho em partida contra a Ponte Preta válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, com o argentino ficando apenas alguns minutos em campo. Quatro dias depois foi a vez do clássico Fla Flu e mais uma vez Conca entrou no final da partida, ficando poucos minutos novamente em campo e completando os seus 26 minutos de história até aqui com a camisa do Flamengo.

O jogador é esperado para entrar em campo na noite desta quarta-feira quando o Flamengo entra em campo em Cariacica pela partida única das quartas de final da Copa da Primeira Liga contra o Paraná Clube, em um jogo onde provavelmente o técnico Reinaldo Rueda irá utilizar um plantel composto basicamente por jovens e reservas do time principal, ainda que o Rubro Negro não vá entrar em campo no final de semana pelo Brasileirão por conta da rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo.

Esta é a chance de Conca voltar a jogar após exatos 72 dias desde a sua última partida, ainda que o departamento médico do clube ainda considere o argentino fisicamente abaixo dos demais por conta da sua cirurgia sofrida no joelho.

Embora Conca realmente esteja querendo jogar mais e não seja segredo para ninguém que o jogador esteja insatisfeito com a sua situação atual é muito difícil acreditar que ele irá deixar o Flamengo antes do final de seu contrato de empréstimo com o clube, no final de 2017.

O grande empecilho para que esta transferência seja realizada é o fato de que as inscrições para novos jogadores disputarem o Campeonato Brasileiro deste ano por outras equipes é o dia 8 de setembro, o que torna muito improvável uma transferência agora.

Conca chegou ao Flamengo no início de 2017 com a promessa de que só receberia salários do clube à partir do momento em que entrasse em campo com a camisa do Flamengo. Com os 26 minutos em campo de junho o meia passou a receber mensalmente R$400 mil de salários do Flamengo, com o restante de seus vencimentos continuando a ser pagos pelo seu clube Chinês.